Alimentos construtores: o que são? Funções e lista de exemplos

Quando nos alimentamos, dia após dia, nem paramos para pensar qual a função de cada alimento. Mas, claro, todos eles têm papéis extremamente importantes. Um exemplo disso são os alimentos construtores.

Mas, afinal de contas, o que eles constroem? Para quais partes do organismo são benéficos? Mais do que isso, quais alimentos especificamente são esses?

Fique tranquilo (a), porque nós vamos desvendar todas essas perguntas por aqui!

As informações, claro, vão te ajudar a manter uma rotina mais saudável, focada em seus objetivos.

Aproveite as dicas!

O que são alimentos construtores?

Os alimentos construtores são aqueles formados por proteínas, por exemplo, carnes, ovos e leite.

Já as funções deles são:

  • construção de novos tecidos no organismo;
  • aumento da massa muscular;
  • melhora do processo de cicatrização.

É importante ressaltar que todos esses aspectos são fundamentais a todas às fases da vida.

Por exemplo, uma criança precisa dos alimentos com função construtora, para se desenvolverem bem.

Os idosos, também, têm muita necessidade desses tipos de alimentos. Isso porque a função construtora soma a um envelhecimento mais saudável.

Quais são os benefícios dos alimentos construtores?

Agora que você já sabe o que são e qual a função dos alimentos construtores, podemos falar sobre os benefícios deles.

Sim, além do desenvolvimento e envelhecimento mais saudáveis, há outros aspectos para comentarmos.

Veja só mais detalhes sobre para que servem alimentos construtores:

  • aumento do sistema de defesa do corpo — fundamental para te proteger contra vírus, bactérias, fungos e afins;
  • melhora do funcionamento do organismo como todo;
  • facilidade para manutenção da massa muscular;
  • fortalecimento dos músculos;
  • auxílio para o processo de emagrecimento — quanto mais massa muscular há no corpo, maior a atividade metabólica;
  • maior sensação de saciedade;
  • melhora da formação de bebês.

Exemplos de alimentos construtores

Os alimentos construtores, de fato, são muitos e bem fáceis de serem encontrados. Abaixo, deixamos alguns exemplos, para você incluir na sua rotina.

Leites e ovos

O leite pode ser desnatado, semidesnatado ou integral. O mais importante é que ele possui boas quantidades de proteínas. A segunda opção é a de ovos, aliás, um dos alimentos mais completos.

O melhor é que, tanto com leite quanto com ovos, é possível preparar inúmeras receitas. Alguns exemplos (feitos com os dois alimentos ou separadamente) são:

  • capuccino;
  • tortas;
  • bolos;
  • cuscuz;
  • lanches naturais;
  • omelete;
  • molhos.

Carne bovina

Seguindo a lista, temos as carnes bovinas. Nesse caso, sugerimos que você consuma mais os cortes magros (mais saudáveis e, se for o seu objetivo, menos calóricos).

Coxão duro, patinho, alcatra, filé mignon são exemplos de carnes magras. E, assim como ovos e leites, podem ser facilmente adicionados na rotina.

Aproveite para fazer bifes, carne de panela, almôndegas, hambúrgueres e muito mais!

Alimentos construtor carne bovina sobre prato com salada

Pescados

Agora, para quem ama carnes brancas, dá para apostar, sem medo, em pescados. Aliás, as carnes podem ser tanto de água doce quanto salgada.

Veja só algumas sugestões:

  • tilápia;
  • camarão;
  • atum;
  • sardinha;
  • bacalhau;
  • corvina;
  • dentre outros.

Os pescados podem ser feitos assados, fritos ou empanados. Alguns casos, ainda, viram até patê, como o atum e a sardinha.

Alimentos de origem vegetal

Já falamos sobre carnes, ovos e leites. Chegou a vez de destacar os alimentos de origem vegetal. Sim, essa categoria também pode ter muitas proteínas.

Os alimentos mais proteicos são:

  • grão de bico;
  • lentilha;
  • tofu;
  • nozes;
  • castanha de caju;
  • ervilha;
  • quinoa;
  • feijão;
  • entre outros.

Utilize toda essa riqueza para fazer tortas, caldos, saladas, sopas e muito mais!

Exemplos de alimentos construtores, reguladores e energéticos

Existem mais duas categorias de alimentos, fora os construtores. Também podemos citar os reguladores e os energéticos.

A função deles? Bom, os próprios nomes já adiantam os papéis… Os reguladores mantêm as funções do organismo em perfeito equilíbrio.

Já os energéticos dão aquele “gás,” para que possamos viver nossas rotinas com disposição.

Confira os exemplos:

Alimentos reguladores

  • couve;
  • cenoura;
  • quiabo;
  • vagem;
  • tomate;
  • manga;
  • morango;
  • laranja
  • dentre outros.

Alimentos energéticos 

  • macarrão;
  • arroz;
  • milho;
  • biscoitos;
  • cana-de-açúcar;
  • pão;
  • aveia;
  • batata;
  • e mais.

Mulher com roupas de ginástica fazendo posição de yoga numa pedra em frente ao mar

Como incluir alimentos construtores na dieta?

É claro que todas as categorias de alimentos (construtores, reguladores e energéticos) precisam compor a nossa rotina de alimentação.

Mas, as quantidades de cada alimento variam bastante, conforme as necessidades de cada indivíduo.

Vamos usar um exemplo, ok? Quem deseja emagrecer e, ao mesmo tempo, ganhar massa magra, precisa focar nos alimentos ricos em proteínas (os construtores).

Então, por exemplo,  comer ovos (no café da manhã), uma marmita fit com frango e batata doce (no almoço), um snack de omelete italiano (no lanche da tarde) e uma sopa de feijão (no jantar).

Essas são apenas sugestões mesmo, ok?

O ideal é sempre avaliar suas necessidades e seus desejos e, claro, conversar com um nutricionista. Esse profissional saberá analisar o seu caso e definir um plano alimentar exclusivo para você.

Adquira um dos kits de alimentação da Kuk e coma saudável e gostoso todos os dias!

Conclusão

Neste conteúdo, nós falamos sobre alimentos construtores, que são aqueles formados por proteínas.

Esse grupo alimentar é simplesmente imprescindível  para todas as fases da vida. Alguns dos benefícios dos alimentos com função construtora são:

  • aumento de massa muscular;
  • melhora do desenvolvimento infantil;
  • envelhecimento saudável;
  • fortalecimento do sistema imunológico;
  • dentre outros.

Além disso, não se esqueça de que existem, também, os alimentos reguladores e energéticos — ambos fundamentais para a rotina.

Agora, sabe onde é possível encontrar os mais variados tipos de alimentos já prontos? No cardápio da Kük. Conheça marmitas congeladas, sopas, caldos, snacks e muito mais!

Tudo com sabor incomparável. Aproveite!

Posts relacionados