Comida mediterrânea: 5 receitas de pratos típicos desta culinária

comida mediterrânea

O que você sempre quis saber sobre cozinha mediterrânea? Quando o assunto é saúde e qualidade de vida, esse tipo de gastronomia aparece como um destaque.

Mas, afinal de contas, o que ela representa? Chegou a hora de descobrir a resposta!

Neste conteúdo, nós vamos te explicar não só o que é culinária mediterrânea, seus benefícios e receitas, mas, também, te mostrar como ter pratos já prontos.

Sim, isso mesmo… Para ter mais saúde, não é preciso passar horas e horas na cozinha. Você pode comer absolutamente bem e com toda a praticidade do mundo.

Quer saber os detalhes? Continue por aqui e aproveite as dicas da Kük!

O que é a cozinha mediterrânea?

Quando citamos cozinha mediterrânea, estamos falando de um tipo de culinária dos países banhados pelo Mar Mediterrâneo.

Alguns desses países são justamente:

  • Espanha;
  • Grécia;
  • Itália;
  • Turquia;
  • República de Malta;
  • Vaticano;
  •  dentre outros.

Qual a principal característica da cozinha mediterrânea?

Mas, afinal, por que a cozinha mediterrânea entra em destaque? O que ela tem de tão especial? Bom, vamos descobrir isso agora mesmo…

O que acontece é que gastronomia do Mediterrâneo usa, principalmente, alimentos de grande valor nutricional. Ou seja, extremamente saudáveis, isso tanto para homens quanto para mulheres.

É muito comum, por exemplo, você encontrar, por lá, pratos bem frescos e coloridos. Olha só quais são os alimentos mais comuns:

  • peixes;
  • oleaginosas (castanha de caju, nozes, pistache, castanha do Pará, macadâmia e afins);
  • leites e seus derivados;
  • cereais;
  • leguminosas (amendoim, feijão, lentinha, soja, grão-de-bico e afins);
  • óleos vegetais;
  • óleo de coco;
  • dentre outros.

Na verdade e, como dá para notar, os alimentos são mais simples do que o imaginado.

Todos podem ser facilmente encontrados aqui no Brasil. Além de tudo, dá para comê-los em variadas receitas (já, já vamos falar mais sobre isso).

Continue por aqui!

Benefícios da comida mediterrânea para saúde

O melhor de tudo é que dá para citar vários benefícios relacionados à dieta mediterrânea.

Então, além de ter muito sabor à mesa, você ainda vai poder melhorar a saúde e qualidade de vida.

Vale ressaltar que comer e viver bem são investimentos imensuráveis. A cada vez que você se alimenta de forma saudável, ganha muito mais saúde. Isso, de fato, não tem preço!

Veja como a culinária dos países mediterrâneos pode te ajudar:

Melhora da função do intestino

Muitos alimentos que citamos são ricos em fibras, por exemplo, os cereais e as oleaginosas.

O que isso significa? As fibras têm um papel muito importante na regulação do intestino. Por isso, vale a pena demais incluí-las no seu dia a dia.

Aumento da saúde do coração

O ômega 3, substância presente em peixes, consegue melhorar a saúde cardiovascular. E não pense que esse tipo de cuidado só cabe a pessoas mais velhas.

Todo mundo, incluindo os mais jovens, devem cuidar da saúde do coração, desde cedo. Então, aproveite para se deliciar com receitas de peixe!

Prevenção contra o câncer

Na lista de comidas mediterrâneas, podemos encontrar vários alimentos orgânicos. Vale lembrar que esses são livres de agrotóxicos.

Dessa forma, é possível estar mais atento à prevenção do câncer (dos mais variados tipos).

comida mediterrânea kuk

 

5 ideias de receitas de comida mediterrânea para saborear

Depois de conhecer os benefícios, vamos ver quais são os pratos típicos do mediterrâneo? Confira cinco opções incríveis para comer sempre:

1. Tilápia com cuscuz marroquino

Só de pensar nesse prato já dá água na boca, hein?

Além da tilápia (tipo de peixe saboroso), o cuscuz marroquino é uma preparação completa. Ele é feito com amêndoas, cenoura, pimentão verde, damasco, dentre outros ingredientes.

Tilápia com cuscuz marroquino é uma combinação perfeita!

2. Strogonoff vegano

A segunda opção de comida mediterrânea é o strogonoff vegano. Ao invés de usar carne bovina, temos a proteína de soja.

Já outros ingredientes usados são: tomate pelado, palmito, cogumelo, pimenta do reino, alho poró e mais.

3. Tabule de quinoa

E que tal uma tabule de quinoa? Para quem não sabe, a quinoa é um cereal integral, ou seja, um alimento bem nutritivo, saboroso e saudável.

Aqui, então, a ideia é fazer um tabule, que pode ser consumido de forma pura ou, ainda, dentro de charutinhos de folhas verdes (alface, almeirão, rúcula, enfim).

4. Salmão com crosta de castanha de caju

Essa é uma combinação maravilhosa: salmão com crosta de castanha de caju. Lembrando que, no peixe, encontramos excelente quantidades de ômega 3.

Já a castanha de caju é uma oleaginosa, que possui antioxidantes — ótimos para combater radicais livres e aumentar a imunidade.

5. Porção de lentilha

A lentilha, leguminosa riquíssima para a saúde, é um alimento bastante versátil. Uma porção de lentilha pode ser consumida de forma pura.

Além disso, dá para misturá-la com arroz ou, ainda, fazer uma sopa com legumes. Ah, nos dias quentes, é bacana comê-la com saladas.

Confira as marmitas congeladas da Kük, com as melhores opções de comida mediterrânea, e sem precisar ter que cozinhar!

Conclusão

comida mediterrânea benefícios

Neste conteúdo, nós falamos sobre comida mediterrânea.

Como vimos, o termo se trata de receitas típicas de países (banhados pelo Mar Mediterrâneo). Alguns deles são: Grécia, Itália e Espanha.

O mais importante é saber que os pratos típicos da dieta mediterrânea melhoram a saúde, o bem-estar e, consequentemente, a qualidade de vida!

Os alimentos fortalecem o sistema imunológico, melhoram a saúde do coração, aumentam a capacidade do intestino, enfim.

E sabe o que é ainda mais incrível? Você pode ter os mais variados pratos mediterrâneos já prontos.

A Kük possui muitas porções, marmitas congeladas e lanches rápidos — que levam ingredientes da comida mediterrâneo.

Tudo feito com alta tecnologia e cuidado, para garantir sabor, textura e aspecto perfeitos. Vale a pena conferir!

Posts relacionados